Procure um Médico

Sucesso no programa A Praça é Nossa Matheus Ceará estará em Valinhos 

30 de outubro de 2018

 A FEAV – Fórum das Entidades Assistenciais de Valinhos traz para Valinhos, no dia 6 de novembro o comediante Matheus Ceará, com o show: “De cara limpa e boca suja”. O show marcado para a Fonte Santa Tereza com início às 20 horas será um momento para soltar o riso. Os convites estão à venda a R$30,00 e estão disponíveis com as entidades participantes: Recanto dos Velhinhos, APAE, Santa Casa, Casa da Criança, Grupo Rosa e Amor, Instituto Esperança, Círculo de Amigos do Patrulheiro e COHCRIC, também na Papelaria Colegial ou pelo Ingresso Digital. Informações pelo fone 9.9863-6907 com Fernando.

Após muitos anos se apresentando como o personagem querido do programa “A Praça É Nossa” – Matheus Ceará resolveu tirar a roupa e se apresentar de cara limpa no palco.

Em seu primeiro Stand Up, o humorista aborda temas comuns a esse tipo de comédia, com piadas, observações e comentários bem-humorados sobre o cotidiano, sempre com um ponto de vista particular e muita interação com a platéia.

Em uma nova fase, o comediante deixa de lado o personagem para mostrar que seu humor não depende de roupa ou interpretação. Agora ele chega de cara limpa e boca suja, para contar histórias vividas por ele mesmo e sempre com opiniões divertidas.

Quem é Matheus Ceará

Matheus Martone é natural de Fortaleza, no Ceará e aos oito anos, mudou-se para o interior de São Paulo, levando o apelido da infância. Já nessa época começou a imitar os amigos e professores da escola. Aos 14 anos percebendo a sua veia artística, lançou o seu primeiro show: “A boca do riso”.

Por ter vergonha de subir ao palco com a cara limpa, adotou a indumentária comum do caipira nordestino, surgindo o personagem Matheus Ceará. O Show: “De cara limpa e boca suja”, que estará em Valinhos, dia 6 de novembro, já percorreu várias cidades e capitais e por onde passa, agrada ao público, porque se apresenta o tempo todo com seu personagem de grande sucesso no programa “A Praça é Nossa”