Procure um Médico

Proposta de paralisação do Sinsaúde não teve adesão

21 de junho de 2017

Na terça-feira 20, uma notícia do Sinsaúde dava conta de uma paralisação na Santa Casa de Valinhos, reivindicando um aumento salarial de 5%, enquanto a proposta da administração do hospital é reajustar os salários pelo índice de inflação do período de junho de 2016 a maio de 2017, isto é de 3,35% em uma única parcela e manutenção das cláusulas do acordo anterior. Ao contrário do que foi anunciado o clima na Santa Casa foi de total tranquilidade, não houve paralisação e todos os atendimentos foram realizados normalmente. O provedor Cláudio Trombeta disse que o Sinsaúde quis fazer um movimento, mas os funcionários reagiram com sensatez, por isso agradeço aos nossos colaboradores que entendendo o momento de dificuldade da Santa Casa de Valinhos optaram pela não paralisação. “Temos desafios grandes, estamos reestruturando a Santa Casa, peço que tenham paciência, no tempo certo vamos procurar atender a todos. Ao longo dos 56 anos da existência do hospital foram muitas dificuldades, agora estamos enfrentando mais uma, tivemos que fazer demissões, reduzir o número de leitos, não tivemos escolha, procuramos otimizar e melhorar para que a Santa Casa continue atendendo a população”, destaca o provedor. Desde março está em vigor o contrato de prestação de serviços com a Prefeitura Municipal que é a gestora do SUS. Esse é o primeiro e será … Leia Mais