Procure um Médico

Em busca da Recertificação de Qualidade ONA

17 de fevereiro de 2016

Apesar de todas as dificuldades, a Santa Casa de Valinhos vai conseguindo superar a crise financeira e mantém o atendimento de qualidade. Uma das grandes batalhas é a Recertificação de Qualidade ONA que deve acontecer ainda este mês.

A Certificação de Qualidade ONA – Acreditação nível I, vem se renovando no hospital desde dezembro de 2009 quando foi conquistada. Ela é definida como um novo conceito de qualidade que combina segurança com ética profissional, responsabilidade e qualidade do atendimento. “Este é um processo recente no Brasil, a nossa Santa Casa de Valinhos foi o 3º Hospital Filantrópico no Brasil a receber a certificação, que avalia o hospital desde a lavanderia até o Centro Cirúrgico e  nos dá a segurança da qualidade de assistência ao paciente, significando um diferencial de mercado, uma marca reconhecida pelos usuários”, destaca o Provedor Pr. Anips Spina.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar, órgão do Governo Federal que regula as relações entre operadoras de planos de saúde e Hospitais, publicou no dia 07 de janeiro de 2016 uma Resolução Normativa que determina que as operadoras paguem 105% do IPCA, para os Hospitais Certificados, desta forma a manutenção da certificação é de suma importância para que o Hospital busque o equilíbrio de suas contas.

“Estamos administrando e trabalhando para melhorar cada vez mais, com várias frentes em andamento, um delas a campanha 1+2 que objetiva alcançar um milhão de reais com a participação da população e do Governo do Estado. A cada selo de R$3,00 o governo do estado dobra o valor R$6,00, portanto a Santa Casa receberá R$9,00.

Paralelamente à busca por recursos que é incessante, a Diretoria fala que apesar das dívidas, a Santa Casa está conseguindo manter as portas abertas, graças ao comprometimento do excelente corpo clínico e todos os funcionários empenhados em fazer o melhor.

Quem passa em frente ao hospital percebe que a pintura da fachada está sendo renovada e obras internas para dotar o estacionamento de todas as qualidades e segurança. “Implantamos o estacionamento regulamentado, com administração da empresa Rotare Estacionamento – Brasil Park  que  está adequando o espaço para oferecer 158 vagas. Estacionamento não é o foco do hospital, razão pela qual a terceirização que gera as melhorias e segurança para os usuários além dos recursos para serem aplicados no próprio hospital”.

Desde 11 de janeiro de 2016, a Brasil Park está cobrando R$5,00 por um período de 12 horas. A permanência rápida de 15 minutos não tem cobrança. Usuários da Farmácia e clínicas na Santa Casa tem preços diferenciados.

Outro ponto positivo é o Curso de Gestante realizado mensalmente no hospital, onde as gestantes e seus parceiros recebem todas as informações necessárias para a chegada do bebê. Atendendo uma lei municipal, a enfermeira de Qualidade Maiza Gonçalves vai incluir prevenção de engasgamento e quedas de Recém Nascido.

“Em março teremos eleição para escolher o novo Provedor da Mesa Administrativa que vai substituir o Pr. Anips Spina e o plano de atuação. Estamos confiantes de um futuro promissor para nossa Santa Casa de Valinhos que há 56 anos é o hospital da família valinhense”, destaca o superintendente Edson Manzano.

 

Postado em Boletim