Procure um Médico

Hospitalhaços que atua na Santa Casa doa aventais descartáveis

27 de abril de 2020

O grupo Hospitalhaços representado pelo Vinicius Kenji Higashie Difani, esteve na Santa Casa de Valinhos, para fazer a doação de 80 aventais descartáveis, material classificado como EPI, usando na proteção do colaborador que está na linha de frente, prestando assistência aos pacientes internados com suspeitas para COVID-19.

Elias de Souza Maciel Gerente de Assistência recebeu a doação que sempre chega em boa hora ao hospital, onde todas as equipes estão unidas e envolvidas no combate à doença causada pelo Coronavírus.

A doação foi intermediada pelo colaborador Elber Aparecido Maximiano, que atua como Técnico Sênior de enfermagem, sempre muito envolvido e proativo que viu essa possibilidade de ajudar o hospital.

A doação da ONG Hospitalhaços tem uma grande importância assim como as inúmeras doações que estão chegando ao hospital e outras instituições de saúde, uma vez que os custos destes EPIs tiveram reajustes exorbitantes dificultando a aquisição por parte das instituições, num momento em que o número de materiais necessários para o atendimento é enorme.

30 de outubro de 2018

Neste sábado, 3 de novembro, a partir das 8 horas, vai ao ar pela EPTV Campinas, afiliada da Rede Globo o programa Mais Caminhos, com uma reportagem especial com a ONG Hospitalhaços, realizada na Santa Casa de Valinhos.

Esta será a edição de número 200 do programa e a oportunidade para que os telespectadores possam ver o Pedro Leonardo com um os palhaços humanitários, que utilizam a arte para levar sorrisos ao ambiente hospitalar.

Na companhia de Josefino, Cajueiro e Eufonio, o palhaço “Miudo”, nome adotado pelo apresentador, visitou alguns pacientes internados na Santa Casa levando um pouco de alegria e humanização.

O trabalho da ONG Hospitalhaços completará 20 anos em 2019 e na Santa Casa de Valinhos já está presente há sete anos. Aos sábados no período da tarde, duas vezes por mês, uma equipe da ONG visita os pacientes internados na Santa Casa promovendo a humanização hospitalar por meio de atividades lúdicas através da figura do palhaço, tanto na ala pediátrica, quanto na adulta, nas alas do SUS, conveniada e particular.