Procure um Médico

Santa Casa não pode receber máscaras caseiras para evitar coronavírus

8 de abril de 2020

O uso de máscaras que está sendo proposto pelo Ministério da Saúde, para toda população, como forma de evitar a proliferação do coronavírus, vem conflitando com as informações da necessidade de EPIs na Santa Casa, que entre os itens, está precisando de máscara.

O hospital precisa de máscaras profissionais, lá só podem ser utilizadas duas categorias: N95 (PFF2) ou a Máscara Cirúrgica, ambas aprovadas pela ANVISA que possuem 95% de eficiência contra filtração de partículas maiores que 0,3mm e seu uso é indicado visando a proteção contra doenças por transmissão aérea.

O manual divulgado pelo Ministério da Saúde, destaca que as máscaras caseiras, feitas com pano, TNT, acetato, etc., fazem parte de uma 3ª categoria e não podem ser utilizadas no hospital e nem distribuídas pelo mesmo. Elas ajudam contra a proliferação, é um equipamento simples, que não exige grande complexidade na sua produção e pode ser um grande aliado no combate à propagação do coronavírus no Brasil, protegendo você e outras pessoas ao seu redor.

Quem quiser ajudar, fazendo máscaras, podem destiná-las aos seus familiares, amigos, vizinhos, para Instituições que abrigam crianças, idosos,