Procure um Médico

Em tempo de pandemia o segredo da humanização está nos detalhes

14 de maio de 2020

Pacientes que vão a óbito vítimas do COVID-19 tem o protocolo de apoio à despedida

Entender o sofrimento das famílias com pacientes vítimas do COVID-19, foi o que levou os profissionais da Santa Casa de Valinhos que atuam no núcleo de segurança do paciente, envolvendo as áreas de psicologia, assistência social, a pensarem numa ação humanitária, para atender os familiares na hora da despedida do seu ente querido e tiveram a ideia de criar o núcleo de apoio da expressão da dor, já que essas pessoas não podem ter velório e todo aquele processo que envolve o momento da despedida com a presença do padre ou pastor e demais entidades religiosas para fazer a orações e todo o ritual de um velório.

A psicóloga da Santa Casa de Valinhos da Andreza Peixoto informa que quando o paciente vem a óbito, a notícia só é dada no hospital, a família é chamada, às vezes vem uma pessoa, duas, cinco e até 20 como aconteceu recentemente e foram acolhidos no auditório com todos os cuidados. “É um momento que ficam desestruturados”.

Pensando nisso, a psicóloga Andreza Peixoto, assistente social Marli Zanelato pediram o apoio da Capelania do hospital através do Padre Dal

Leia Mais
27 de abril de 2020

O tempo de quarentena está presente há mais de um mês, toda população vive momentos diferentes e angustiantes e na Santa Casa de Valinhos também muita coisa mudou, houve necessidade de adaptações urgentes, aumento excessivo de aquisição de matérias e EPEIs que não estavam na programação, e por um preço exorbitante exigindo criatividade e trabalho redobrado.

O Superintendente Fernando Pozzuto faz uma análise rápida desse momento: “Estamos vivendo um ambiente de stress, de extrema preocupação, nos redobrando com os equipamentos, com as adaptações físicas que foram necessárias, com os treinamentos aos nossos funcionários, com o fornecimento de todos os  EPIs e seu uso adequado e um grande cuidado com atendimento direcionado aos colaboradores da Santa Casa de Valinhos, através da medicina do trabalho, com o monitoramento de todos os profissionais que  apresentem os critérios médicos para suspeitas de Coronavírus, visando a Saúde do nosso Colaborador, pois sempre precisamos “Cuidar de quem Cuida”.

Fernando Pozzuto, que há 38 anos trabalha na Santa Casa de Valinhos, um funcionário de carreira que hoje responde pela Superintendência do Hospital, diz que até o momento a estrutura da Santa Casa est

Leia Mais
17 de abril de 2020

A Pandemia do Coronavírus é um tempo preocupante. As medidas estão sendo tomadas conforme o avanço da doença e a Santa Casa de Valinhos vem tomando toda as precauções para dar conta de todos os atendimentos necessários e não tem se descuidado dos EPEIs – Equipamento de Proteção Individual, que garantem a segurança dos profissionais que estão na linha de frente da batalha.

Nesse quesito, a população tem sido fundamental, muitas doações estão chegando ao hospital, como foi na tarde de quinta-feira, 16,quando Laércio Almeida e seu filho Bruno, da Trocar Autos Antigos, oficina de restauração de carros antigos, chegou na Santa Casa para doação de 80 aventais impermeáveis.

Fernando Pozzuto recebeu a doação juntamente com Maurício Nasser Maschietto e agradeceu porque é um equipamento importantíssimo, assim como as máscaras cirúrgicas, as máscaras de acetado, álcool em gel e outros equipamentos.

“O momento é de guerra, de batalha contra um vírus invisível para que já matou muita gente pelo mundo afora, precisamos muito da ajuda de todos, temos o Fundo Cívico se preferirem doar em dinheiro, a conta é no Santander, Ag. 3808 Conta Corrente 13000654-8, CNPJ 46.056.487/

Leia Mais
17 de abril de 2020

A Associação Médica de Valinhos entregou nesta sexta-feira, 17, uma importante doação para a Santa Casa de Valinhos, são 20 macacões impermeáveis, um importante EPI- Equipamento de Segurança Individual, que garante a segurança dos profissionais de saúde que atuam diretamente com pacientes com coronavírus internados no hospital.

A doação foi entregue pelo dr Daniel Buttignol, ao Superintendente Fernando Pozzuto.

Também foram entregues macacões no Hospital Galileo e para a Prefeitura Municipal.

16 de abril de 2020

 Continuamos obedecendo as orientações do Ministério da Saúde e das autoridades estaduais e municipais para mantermos o isolamento social, no combate à COVID-19, a saúde em primeiro lugar e para os que estão na linha de frente da batalha, gratidão é a palavra, mas não é só agradecimentos que precisam; eles necessitam de equipamentos, os famosos EPEIs: máscaras, luvas, aventais descartáveis, respiradores, álcool em gel, materiais de limpeza, adequações.

Todos esses materiais tiveram um custo super alto, por conta da grande demanda e só podem ser comprados à vista.

A situação é grave e preocupante, a Santa Casa de Valinhos não dispõe de um caixa para essas despesas extras e por isso foi criado o Fundo Cívico, gerenciado por um comitê formado por médicos, empresários e gestores da Santa Casa.

Foi aberta uma conta específica no Banco Santander – Ag. 3808 Conta Corrente 13000654-8, CNPJ 46.056.487/0001-25 para que cada valinhense possa contribuir com qualquer valor. O que não pode é só compartilhar estas informações, precisamos depositar conforme pedido dos nossos médicos.